Notícias

VI Fórum sobre “As meninas e as TIC”

MTTICS
Secretario de Estado para as Telecomunicações e Tecnologias de Informação destaca vantagens das TIC para inclusão social em Angola
O Secretario de Estado para as Telecomunicações e Tecnologias de Informação, disse hoje (quinta-feira), em Luanda, que as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) concorrem para o aumento do interesse dos jovens as aulas e eleva as taxas de inclusão social.
O Governante, que discursava no acto de abertura do VI Fórum sobre "As meninas e as TIC”, fez saber que a aplicação das novas tecnologias tem grande incidência no desenvolvimento das populações, em particular das jovens mulheres.
Para si, este pressuposto pode também aumentar o interesse das jovens pelas aulas, reduzindo o abandono escolar e elevando as taxas de inclusão, o que contribui para o pleno desenvolvimento sócio-económico do país.
O governo de Angola tem estado a trabalhar para a inserção de mais mulheres no ramo das TIC. E este esforço é recompensado por muitas jovens que a cada ano procuram por cursos ligados as tecnologias de informação e comunicação, nas várias instituições de ensino e citou como exemplo a formação no instituto de Telecomunicações. (ITEL)
Segundo Mário Oliveira, a realização deste Fórum demonstra bem a preocupação das organizações internacionais como União Internacional das Telecomunicações que convencionou dedicar anualmente, a última quinta-feira do mês de Abril às mulheres nas TIC e a assumpção pelo Executivo angolano deste desiderato, promovendo a presente actividade neste dia.
Apesar da abertura e do gosto pelo ramo, os números ainda são reduzidos. Disse Mário Augusto Oliveira, secretario de Estado para as Telecomunicações e Tecnologias de Informação, que convida as mulheres a olharem para as TIC com uma área de grandes oportunidades. "Por ser uma área de empreendedorismo, efectivamente pode capitalizar e mostrar as mulheres angolanas que têm um campo de conhecimento muito grande", disse.
Elsa Maria Barber Dias dos Santos. Secretária de Estado, da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, disse no final da actividade que o Executivo tem apostado numa sociedade de inovação tecnológica acompanhando o desenvolvimento mundial que se assiste nesta área. "Deste modo, consta-se que nos últimos anos em Angola existe um interesse maior na carreira das TIC por mulheres de maneira a se dar respostas aos desafios de desenvolvimento que no dia-a-dia se apresentam”, sublinhou.
acrescenta a governante, pretende fomentar o uso das TIC massivamente pelos cidadãos angolanos, particularmente entre as mulheres, para que estas assumam conscientemente a importância do seu engajamento nas actividades de investigação e desenvolvimento tecnológico, ciente de que a ciência e a tecnologia são elementos chave de transformação e de
prosperidade da humanidade.
No final os participantes, assistiram uma exposição tecnológica das estudantes do ITEL.
Também participaram da actividade o Administrador do Município do Cazenga, Tomás Bica, bem como Pca`s, Directores, Estudantes e outros membros da sociedade civil.


Voltar